Archive for the ‘Filmes & Seriados’ Category

6 lições que aprendi com “De volta para o futuro”

outubro 21, 2015

151020133357backfutdate

 

No ano de 1989 estreava nos cinemas do mundo todo o Filme “De volta para o futuro – Parte II”, onde Marty McFly e Doc Brown viajaram para o futuro, mais precisamente para o dia 21 de outubro de 2015. 26 anos depois estamos aqui, no dia 21 de outubro de 2015 do presente.

É incrível como a trilogia de “De volta para o futuro” é popular no mundo todo até hoje, e a razão para todo esse sucesso é o fato de que as pessoas se identificam facilmente com a vida dos personagens. Quem nunca quis saber como foi a adolescência dos seus pais?

Além deste fato, é possível ver também que o filme ensina muita coisa sobre relacionamento e comportamento, e é o que vim trazer aqui hoje para vocês! Abaixo vão ver 6 lições de vida que eu aprendi com “De volta para futuro”.

 

1ª Lição: Não exagere

Marty McFly gosta de exagerar na guitarra, Beff exagera em se aproveitar do George McFly (pai de Marty), e em seu plano para se tornar rico, Doutor Emmett Brown usa a máquina do tempo exageradamente. Tudo que é exagerado faz mais mal do que bem. Além do mais, quando você exagera, as vezes nem percebe, e então, acaba ficando igual ao Marty quando estava tocando no ginásio da escola, com todo mundo olhando para você em silencio e estado de choque.

 

2ª Lição: Lixo é o melhor combustível (especialmente cerveja)

Logo do final do primeiro filme, Doutor Brown chega do futuro com o “Mr. Fusion (Senhor Fusão)” recém instalado na máquina do tempo, ele corre até uma lixeira e começa a abastecer o DeLorean com lixo e cerveja. Certamente essa não é uma lição sobre carros que andam com cerveja, mas sim sobre a reciclagem. Naquela época, toda essa ideia de reciclagem era um assunto novo e hoje isso tudo faz sentido: produzir energia e outras coisas a partir do lixo.

 

3ª Lição: Tenha amigos, não importa a idade.

Um jovem ser amigo de alguém bem mais velho é normal. No filme não explica como o Doutor e Marty se tornaram amigos, só que eles são! Marty não parece ter amigos da sua idade, e o Doutor é um maluco que vive sozinho. Talvez o interesse de Marty por ciência tenha feito ele ser amigo do Doutor. Tenha amigos para compartilhar gostos, interesses, segredos e emoções e não se preocupe com a idade deles.

 

4ª Lição: Não seja um “banana”.

Por vários momentos podemos ver o diretor da escola senhor Strickland chamar o Marty McFly de “banana”, e quando ele volta no tempo até 1955 vemos que o mesmo senhor Strickland também chamava George McFly de “banana”. Se assistirem no original em inglês, o termo usado para “banana” é “Slackers” que também pode ser traduzido como folgado, relaxado ou preguiçoso. Vemos que o senhor Strickland é um homem de paixão e convicção, e uma coisa que ele odeia é pessoas relaxadas, que não querem ser nada na vida, não tomam cuidado em fazer as coisas, não se importam com seus compromissos, como o caso do Marty sempre chegar atrasado na escola. Ele está certo. Não seja um banana. Assuma o controle de sua vida!

 

5ª Lição: Não se preocupe se te chamarem de “franguinho”

Quando Marty McFly viaja para o futuro e aterrissa em 2015, o Marty jovem visita a sua casa em que morará aos 50 anos. Marty possui um excelente emprego e é rico. Mas põe tudo a perder quando Needles, seu colega de trabalho, o convence a fazer uma operação financeira ilegal. Marty sabia que era ilegal, ele reluta em aceitar, mas Needles o chama de “franguinho”, então Marty se altera: “Ninguém me chama de franguinho!”. Assim passa o cartão em uma máquina autorizando tal operação ilegal e logo em seguida é demitido pois a ligação estava sendo interceptada.

A lição que aprendemos aqui é que devemos controlar nossas emoções e não se preocupar com o que os outros dizem de nós, devemos nos preocupar com o que realmente somos, com o que fazemos, e o mais importante, devemos nos preocupar em fazer o certo, mesmo que ninguém esteja vendo ou fazendo.

 

6ª Lição: Seu futuro ainda não foi escrito

No segundo filme, quando o Marty é demitido por realizar uma operação ilegal, nos diversos aparelhos de fax espalhados pela casa é impresso a frase: “Você está demitido”. A namorada de Marty, que estava escondida, pega um desses papeis que saiu de um fax e guarda, enquanto isso, Marty fica totalmente desesperado e desolado, então pega sua guitarra para tentar esquecer os problemas, mas ao começar a tocar começa a sentir dores na mão e ele reclama que isso aconteceu devido a um acidente de carro que sofreu.

No final do terceiro filme, eles estão de volta ao ano 1985 e Marty está com a sua namorada Jennifer no carro, e logo em seguida aparece Needles o desafiando para um racha, Marty recusa o desafio, mas Needles o chama de “franguinho”, então McFly se prepara para o sinal abrir e encarar o racha. Quando o sinal abre, Needles sai em disparada, mas Marty na verdade havia engatado a ré para enganar Needles. Seu rival a frente quase bateu em um carro então Marty percebe que se ele tivesse encarado o racha ele teria batido naquele carro e sofrido um acidente. No exato momento em que ocorre isso, a namorada de Marty pega o papel do fax e vê a frase “Você está demitido” apagando-se lentamente até desaparecer por completo. Após isso o Doutor aparece do passado para entregar um presente a Marty, então Jennifer pega o papel, mostra para o Doutor e pergunta: “Eu trouxe isso aqui do futuro e agora está apagado… o que isso quer dizer?”. Então o doutor responde: “É claro que se apagou… significa que o seu futuro ainda não foi escrito, não existe. Seu futuro é o quer você quiser fazer, portanto faça-o bem.”

 

É com está lição do Doutor Brown que eu termino este post. Crie o seu futuro, conquiste experiências, divirta-se, mas não exagere. Seja consciente com o planeta Terra, você ainda vai viver por alguns anos, e seus filhos, netos e bisnetos também. Tenha amigos, eles são importantes para o seu futuro e não se preocupe com a idade deles, mas sim com o apoio e ensinamentos que eles dão para você. Não seja um relaxado, e não ligue para o que as pessoas dizem de você o importante é quem você é de verdade e seja o que for que você vá fazer sempre faça a coisa certa e faça bem.

3 Podcasts que você deve escutar!

janeiro 16, 2013

podcast-app

Você já ouviu falar em Podcast? Podcast é o nome dado a um arquivo de áudio digital distribuído pela internet, este arquivo geralmente se refere a uma série de episódios de algum programa (como se fosse um programa de rádio só que em vez de ser ao vivo é gravado). Neste arquivo de áudio uma pessoa ou várias falam sobre um determinado assunto. Geralmente Podcast sempre é visto como a mídia dos conteúdos engraçados, mas essa nova mídia também pode ser encarada como uma ferramenta educacional.

Vou falar então de 3 Podcasts que aconselho a vocês ouvirem. A ordem apresentada abaixo não é por qualidade e sim por ordem alfabética, já que cada Podcast apresenta um conceito diferente apesar de terem alguns assuntos que são semelhantes.

99 Vidas

http://99vidas.com.br/

O 99 vidas é um Podcast semanal com o intuito de relembrar os games antigos, as velhas jogatinas nas locadoras e fliperamas, vídeo games antigos, e de vez em quando eles falam sobre a nostalgia das brincadeiras de infância e sobre os primórdios da rede mundial de computadores.

 

Noobz Cast

http://www.noobz.com.br/

O Noobz Cast é um Podcast que geralmente é publicado a cada uma ou duas semanas. Eles falam sobre games em geral, não necessariamente só de games antigos. A equipe é composta por pessoas que são formadas em Animação Digital, Design de games, Analistas de Sistemas e também pelo fundador do site http://www.retroplayers.com.br/ que fala exclusivamente de tudo sobre games antigos.

 

Nosso Cast

http://www.nossocast.com.br/

O Nosso Cast é um Podcast de humor que fala sobre vários assuntos diversos, pode ter certeza que um dos assuntos agradará você. Criado por dois estudantes de Engenharia Química (Não, eles não fazem bomba atômica e nem nuclear), neste Podcast o ouvinte ganha voz e pode expressar suas opiniões, inclusive pode até chegar a participar de programas, pois no Nosso Cast a sua opinião vale alguma coisa. Este é um excelente Podcast para seu ouvir enquanto trabalha, só tome cuidado com as risadas altas.

O Universo de Mortal Kombat

março 9, 2012

 

 

Test your might! Choose your destiny…

Dezoito games, dois filmes, um curta-metragem, um filme em desenho animado, duas séries, uma série em desenho animado, uma série em quadrinhos e um musical (sim, existe um musical do Mortal Kombat), resumem a franquia e o sucesso do Universo de Mortal Kombat.

Tudo começou em 1992 quando Ed Boon e John Tobias desenvolveram o primeiro game lançado pela Midway Games para os árcades e depois para os consoles caseiros pela Acclaim Entertainment. Devido ao seu grande sucesso, a série se expandiu para outras mídias como filmes, séries de TV e quadrinhos, e em julho de 2009, após a falência da Midway, a franquia foi comprada pela Warner Bros.

Os primeiros jogos e suas atualizações foram feitos com jogabilidade 2D e eram especialmente notadas pelos seus sprites digitalizados (diferente dos outros jogos que usavam sprites desenhados a mão), e sua grande quantidade de sangue e violência.

A grande fama do game veio à tona pelo uso das finalizações, O Fatality! Onde o oponente é cruelmente morto, podendo ocorrer desmembramentos, empalação, decapitação, entre outras variações, sempre envolvendo sangue e sofrimento. Depois foram surgindo finalizações novas como o Friendship, no qual o lutador faz algum tipo de brincadeira ou oferece algum presente à vítima de acordo com sua natureza. O Babality que transforma o oponente em um bebê. O  Animality em que jogador se transforma em um animal e ataca o oponente. E o Brutality que o jogador executa um combo de 14 golpes terminando com um uppercut (gancho) que explode o oponente e caem os ossos em seguida.

Uma dúvida que eu sempre tive era saber o significado dos principais personagens da série, fui atrás e encontrei. Veja a etimologia:

Baraka: Significa “benção” em Árabe.

Cyrax: “Imparável” em Nigeriano.

Ermac: Error” + “Macro”. (Na verdade era um erro do sistema que misturava os ninjas, causando algo chamado “Error Macro” que no jogo era abreviado para Ermac, resultando em um ninja vermelho. E seu nome na tela de Ranking na verdade era um contador de erros.)

Goro: Significa “Quinto” em Japonês. Goro é o “Quinto Filho“.

Jade: Verde, Gema/Joia.

Jax: Diminutivo de “Jackson“.

Johnny Cage: A parte “Cage” é uma brincadeira com o nome Japonês “Kage”, que significa “Sombra“.

Kabal: Uma brincadeira com a palavra “Cabal”, o conglomerado elitista hebreu que praticava a magia judia chamada Cabala.

Kano: Japonês para “poder masculino“.

Kintaro: “Taro” significa “menino” em Japonês. Kintaro significa aproximadamente “Menino dourado

Kitana: Do Persa “Kataneh”, também significa “disciplina” em Japonês.

Kung Lao: A palavra em Chinês “Gong Lao” significa “Homem velho“.

Kurtis Striker: Kurtis é uma grafia alternativa de “Curtis” que significa “Cortês”.

Liu Kang: Um pintor de Cingapura.

Mileena: Vem de Meleena, que é Grego para “mel

Motaro: Vem de uma história folclórica japonesa chamada “momotaro” que literalmente significa “pêssego“.

Nightwolf: (Lobo da Noite) Claramente um nome tribal, visto que Nightwolf é Nativo-Americano.

Noob Saibot: Uma brincadeira com os sobrenomes dos dois criadores da série, Ed Boon e John Tobias, ao contrário.

Raiden: De um mito japonês, Raijin, que significa “deus japonês dos raios e trovões“.

Rain: Água condensada de vapor atmosférico que cai em gotas (em Inglês, o termo “Rain” significa “chuva“). A cor roxa de sua armadura pode ser uma referência á canção “Purple Rain”, do cantor Prince.

Reptile: (Réptil em inglês) Devido á sua raça ser parecida com lagartos.

Scorpion: Nome de um Samurai legendário.

Shang Tsung: Ancião Ressucitado“.

Shao Kahn: Persa para “Grande Rei“.

Sheeva: Divindade Indiana, Deusa do Amor, que assim como a personagem, possui vários braços.

Sindel: Alemão antigo para “cinza“, também significa “pessoa inútil” em gíria.

Sonya: Ouro” em Sânscrito. “Sonya” também é o nome de uma das irmãs de Ed Boon. E “Blade” é uma óbvia referência á uma arma.

Sub-Zero: Abaixo de zero.

Até hoje Mortal Kombat já teve mais de 70 personagens diferentes. A série de games ainda é lançadas para os consoles mais recentes e também continua fazendo o sucesso de sempre.

Flawless Victory!!!

A Família Addams! Musical da Broadway no Brasil

janeiro 28, 2012

A mais nova comédia Musical da Broadway estreia dia 2 de março no Brasil: A Família Addams!
Inspirado na obra do cartunista Charles Addams o musical se tornou uma das mais bem sucedidas obras da Broadway. O Brasil será o 1º país fora dos Estados Unidos a exibir o musical, com Marisa Orth no papel de Mortícia e Daniel Boaventura no papel de Gomez.
O musical apresenta a história original. É o pesadelo de todos os pais. Sua filha mais nova se transformou em uma jovem mulher, e para piorar, se apaixonou por um doce e inteligente jovem de uma família tradicional. Sim, Wandinha Addams, a última princesa das trevas, tem um namorado “normal”, e para os pais, Gomez e Mortícia, esse é um acontecimento que irá virar de cabeça para baixo a casa dos Addams quando eles são forçados a organizar um jantar para o jovem e seus pais.

Se tudo correr como planejado eu pretendo ir como fui anteriormente prestigiar o Musical Mamma Mia!

Quem quiser saber mais já podem acessar a site brasileiro do musical:
http://www.afamiliaaddams.com.br

Podem curtir a pagina no Facebook:
http://www.facebook.com/familiaaddams

Dia do Orgulho Nerd

maio 25, 2011

Dia 25 de maio se comemora o Dia do Orgulho Nerd. Nós que sempre fomos ridicularizados, e sempre eramos alvos de brincadeiras, hoje chegou o dia em que sempre sonhamos. O dia em que nossa inteligência e cultura está sendo invejada.

Uma dica pra quem quiser assistir um excelente filme nerd hoje: Fanboys.

Parabéns a todos nós que somos Nerds e nos orgulhamos disso!

Veja abaixo os nosso Diretos e Deveres como Nerds.

Direitos

  1. O direito de ser nerd.
  2. O direito de não ter que sair de casa.
  3. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
  4. O direito de se associar com outros nerds.
  5. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
  6. O direito de ter o tanto de amigos nerds que quiser.
  7. O direito de não ter que estar “na moda”.
  8. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de visão.
  9. O direito de expressar sua nerdice.
  10. O direito de dominar o mundo.

Deveres

  1. Ser nerd, não importa o quê.
  2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
  3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, deve dar sua opinião.
  4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que tiver.
  5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
  6. Não ser um nerd generalista. Você deve se especializar em algo.
  7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estreia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
  8. Esperar na fila em toda noite de estreia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
  9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
  10. Tentar dominar o mundo.


Musical Mamma Mia! Eu fui!

dezembro 17, 2010

Mamma Mia! Considerado o musical numero 1 do mundo, teve sua estréia mundial no ano de 1999 em Londres. O musical é baseado nas canções do ABBA, quarteto sueco que foi sucesso mundial nas décadas de 70 e 80, e é sucesso ainda hoje.

Após sua estréia em Londres, o sucesso foi tanto que no ano de 2000, Mamma Mia! Estreou em São Francisco; Em 2001 teve estréia na Broadway e em Nova Iorque; logo em 2002 houve a primeira estréia numa língua não-inglesa, em Hamburgo; Chegando 2003 foi a vez de Las Vegas; e após esse ano em 2004 a estréia foi em Madri; partindo pro ano de 2005 foram as vezes de Estocolmo e Osaka terem a suas versões do musical; Em 2006 foi moscou; no ano de 2008 foi em Istambul ; e em 2010 foi a vez de nosso país ter a sua versão do musical mais visto do mundo.

A produção brasileira conta com figurinos e cenários originais, com letras em português e elenco totalmente nacional.

O Musical Mamma Mia! já foi visto por mais de 42 milhões de pessoas, em cerca de 240 cidades de 30 países diferentes no mundo, fazendo com que se tornasse o musical que estreou em mais cidades em todo o mundo com mais rapidez que qualquer outro musical na história.

O Sucesso foi tanto que em 2008 chega aos cinemas o “Mamma Mia! – O Filme” lançado pela Universal Pictures, fazendo com que se tornasse a maior bilheteria de filmes musicais mundial e internacionalmente.

Quando eu descobri o musical em 1999 pela internet, eu fiz uma promessa a mim mesmo, que se ele viesse ao Brasil, não importa o que eu tivesse fazendo da vida, iria assistir a este musical de qualquer jeito. Passaram-se 10 anos e lendo um E-mail do grupo ABBA Brasil, descobri que estava confirmado o musical no Brasil. Acho que nunca usufrui tanto da internet na minha vida. Comecei a pesquisar preço dos ingressos, lugares pra ficar, horários, passagens. Até que gentilmente meu primo Eduardo Maçan ofereceu um canto em seu apartamento para que eu pudesse me hospedar quando eu fosse pra São Paulo assistir o musical que eu tanto desejei na vida.

Chega o dia esperado. Fui pra São Paulo sozinho pela primeira vez na vida. Cheguei num sábado, 27 de novembro, às 6 da manhã. Fui até o apartamento de meu primo, andamos um pouco por São Paulo até que abrisse a bilheteria do Teatro Abril. Após um passeio por alguns lugares legais de São Paulo fomos comprar os bilhetes, Chegando lá, ingressos esgotados para sábado! E para domingo? Havia 2 lugares disponíveis, mas não eram os mais baratos, R$ 170,00 cada um. Eu consegui pagar meia-entrada apresentando a carteirinha do estudante, porém meu primo teve que desembolsar o preço integral (Tive pena dele nessa hora).

Chega domingo, horário do espetáculo, pense em alguém ansioso, eu estava e muito. Abriram-se as cortinas do teatro abril, o espetáculo começa. Não tenho vergonha de falar, chorei de emoção. Eu, um fã de ABBA desde pequenininho, assistindo a um espetáculo que pra mim é como se fosse um show do grupo. Ri muito, chorei de emoção, me divertir, foi o melhor espetáculo que já fui em minha vida! Se eu tivesse oportunidade iria novamente.

Merchandising - ABBA & Mamma Mia!

O Mestre dos Animes

janeiro 14, 2010

Cada pessoa deve ter um pensamento diferente para quem deve ser o “Mestre dos Animes” cada um leva um ponto em consideração: uns olham a melhor animação, outros o melhor roteiro e há ainda os que observam, podemos assim dizer, o anime mais kawaii (bonitinho em japonês).

Eu particularmente já levo em consideração os três pontos, por isso, considero o Mestre dos Animes: Hayao Miazaki, um dos mais famosos e respeitados criadores do cinema da animação japonesa.

Agora você deve estar se perguntando, por que eu acho esse cara o mestre dos animes, já que você nunca ouviu falar nele e nem dos seus animes? Então a partir de agora eu vou falar da vida dele e porque eu o considero o melhor.

Hayao Miyazaki iniciou sua carreira em 1963 como intervalador, responsável pela parte mais importante da animação, que é animar com as guias enviadas pelos animadores-chefes; neste mesmo ano ele começou a ficar conhecido, sendo convidado a participar de uma série de TV. Em 1971 deixa seu trabalho para se juntar a dois de seus colegas de trabalho e tentar comprar alguns direitos autorais no exterior, mas não obteve sucesso.

Em 1983 Miyazaki desenhou o mangá Kaze no tani no Naushika (conhecido no Brasil por Nausicaa do Vale do Vento), o mangá fez tanto sucesso que ele mesmo fez o anime lançado em 1984 que bateu o sucesso feito pelo mangá, assim conseguiu abrir seu próprio estúdio de animação: Estúdio Ghibli.

Hayao Miyazaki

Ele percebeu que Nausicaa estava fazendo tanto sucesso que se dedicou a fazer mais animes e em 1986, ele lança Tenkû no shiro Rapyuta (Laputa – Castelos nos céus) primeira produção do Estudio Ghibli seguido por Tonari no Totoro (Meu Vizinho Totoro) lançado em 1988, Majo no takkyûbin (Serviço de entregas da Kiki) em 1989, Kurenai no buta (Porco Rosso) em 1992. Miyazaki continuou desenhando o mangá de Nausicaa por 12 anos e ele terminou a série em 1994.

Em 1996, com o aumento de fãs de animes no mundo a Disney viu o momento perfeito, aproveitou o sucesso de Myazaki e garantiu os direitos de distribuição dos animes, com isso foi fechado o acordo entre o Estúdio Ghibli e Estúdio Walt Disney no qual ela foi responsável pela distribuição mundial incluindo Japão, mas excluindo o resto da Ásia.

Já em 1997 Myazaki lança Mononoke Hime (Princesa Mononoke) O anime se tornou a maior bilheteria da história do Japão faturando o equivalente a 150 milhões de dolares, batendo E.T. – O Extraterrestre, e ficou na primeira posição até Titanic estreiar em terras nipônicas. O anime levou diversos prêmios no Japão e em outros festivais internacionais. Depois disso ele anuncia sua aposentadoria, mas o sucesso tomou conta da sua cabeça, e em 2001, ele lança Sen to Chihiro no kamikakushi (A Viagem de Chihiro). Com a distribuição mundial nas mãos da Disney, o anime faturou mais prêmios internacionais, incluindo o Oscar de melhor longa-metragem animado em 2002, foi um grande sucesso!

No ano de 2005 chega aos cinemas Hauru no ugoku shiro (O Castelo Animado), com mais prêmios, como a indicação ao Oscar de melhor animação e uma bilheteria de arrasar ao redor do mundo.

No dia 19 de julho de 2008 foi o lançamento no Japão de Gake no ue no Ponyo (Ponyo à beira mar), lançado pela disney nos EUA em 14 de Agosto de 2009, e no Brasil tem data prevista de estréia em Janeiro de 2010. Veja abaixo o trailer legendado da nova animação de Hayao Miyazaki

Hayao Miazaki tem um total de dez obras de sua autoria, fora as que ele teve participação na época que não trabalhava no Estúdio Ghibli e seu Estúdio também possui obras que não são suas e que fazem sucesso como é o caso de Hotaru no Haka (Cemitério de Vagalumes). Ele às vezes utiliza amigos e conhecidos seus como fontes de inspiração para seus personagens, por exemplo: Chihiro, a personagem principal de “A Viagem de Chihiro”, é baseada na filha de um de seus amigos e o anime “Meu Vizinho Totoro” é uma homenagem a sua mãe que por uma doença ficou de cama por 9 anos, esse anime é considerado como sua autobiografia. Ele também é conhecido como “Walt Disney Japonês”, mas ele odeia ser chamado assim. No Japão existe o Museu Ghibli, no qual recebe visitas dos quatro cantos do mundo e o museu é tão visitado que leva-se três meses de espera para reservar o bilhete de entrada.

Acho que agora deu pra entender porque eu o considero o Mestre do Animes. Os animes dele tocam as almas e os corações das pessoas e também porque nas suas obras ele mostra preocupação com a reação do homem sobre a ecologia e suas conseqüências, e a ausência de um vilão da maneira como conhecemos. Hayao Miyazaki consegue ser sempre muito tocante, abordando temas que refletem a sociedade. Lindas obras que chamam atenção tanto pelo roteiro quanto pelas lindas animações.

Logo da Studio Ghibli