Archive for the ‘Game Forever’ Category

A sociedade (manipulada) criada pela mídia

agosto 17, 2013

Imagem

Acho que eu tenho um problema, talvez eu precise procurar ajuda profissional: um médico, pastor, exorcista, sei lá. Por que eu jogo RPG de Mesa e videogames mas não sou do jeito que a mídia diz que pessoas que fazem isso são.

Eu jogo Assassin’s Creed, mas não matei meus pais.

Eu jogo GTA, mas nunca sai por ai roubando carros e atropelando pessoas.

Eu jogo Sim City, mas não sou prefeito de uma cidade.

Eu jogo The Sims, mas nunca matei o meu vizinho afogado tirando a escada da piscina e também nunca me senti como um Deus na vida real querendo manipular a vida e a sociedade das pessoas (Como certa emissora faz)

Eu jogo Banco Imobiliário, mas não sou rico.

Eu jogo Super Mario, mas não saio por aí quebrando tijolos achando que vou tirar moedas de ouro. Muito menos fico pulando em cima de tartarugas e jogando bolas de fogos nos meus inimigos.

Eu jogo Zelda, mas não entro na casa dos outros sem autorização e saio quebrando os vasos para ver se encontro algo dentro.

Eu jogo Need For Speed, mas não saio por ai com o meu carro disputando racha nas ruas da cidade.

Eu jogo Pro Evolution Soccer, mas não sou um jogador de futebol, inclusive eu sou um péssimo jogador na vida real.

Eu jogo Angry Birds, mas não fico atirando passarinhos em porcos.

Eu jogo Pokemon, mas não fico botando animais para duelarem um contra o outro.

Eu jogo RPG de mesa, mas nunca sacrifiquei alguém e também nunca participei de um ritual satânico.

Eu jogo Tony Hawk Underground, porém eu não sei andar de skate na vida real.

Eu jogo Battlefield, mas nunca participei de uma guerra de verdade.

Eu jogo Street Fighter, mas não fico lutando com as pessoas na vida real, muito menos quebrando carro na porrada.

Eu jogo Mortal Kombat, mas nunca atirei alguém de uma ponte e também nunca arranquei a cabeça de alguém com um soco.

Jogo Harvest Moon, mas nem tenho uma fazenda na vida real.

Jogo Star Wars, mas não sou um Cavaleiro Jedi de verdade, muito menos tenho um sabre de luz.

Eu jogo Pac-Man, mas nunca fiquei em uma sala escura, com luzes piscando, música eletrônica tocando freneticamente e eu tomando pílulas que me deixariam alterado.

Talvez eu precise melhorar, porque eu não sou nada disso dai que eu escrevi mas segundo a mídia jogos influenciam as pessoas, porém eu não fui influenciado por nenhum. Será que é algum problema comigo?

Anúncios

3 Podcasts que você deve escutar!

janeiro 16, 2013

podcast-app

Você já ouviu falar em Podcast? Podcast é o nome dado a um arquivo de áudio digital distribuído pela internet, este arquivo geralmente se refere a uma série de episódios de algum programa (como se fosse um programa de rádio só que em vez de ser ao vivo é gravado). Neste arquivo de áudio uma pessoa ou várias falam sobre um determinado assunto. Geralmente Podcast sempre é visto como a mídia dos conteúdos engraçados, mas essa nova mídia também pode ser encarada como uma ferramenta educacional.

Vou falar então de 3 Podcasts que aconselho a vocês ouvirem. A ordem apresentada abaixo não é por qualidade e sim por ordem alfabética, já que cada Podcast apresenta um conceito diferente apesar de terem alguns assuntos que são semelhantes.

99 Vidas

http://99vidas.com.br/

O 99 vidas é um Podcast semanal com o intuito de relembrar os games antigos, as velhas jogatinas nas locadoras e fliperamas, vídeo games antigos, e de vez em quando eles falam sobre a nostalgia das brincadeiras de infância e sobre os primórdios da rede mundial de computadores.

 

Noobz Cast

http://www.noobz.com.br/

O Noobz Cast é um Podcast que geralmente é publicado a cada uma ou duas semanas. Eles falam sobre games em geral, não necessariamente só de games antigos. A equipe é composta por pessoas que são formadas em Animação Digital, Design de games, Analistas de Sistemas e também pelo fundador do site http://www.retroplayers.com.br/ que fala exclusivamente de tudo sobre games antigos.

 

Nosso Cast

http://www.nossocast.com.br/

O Nosso Cast é um Podcast de humor que fala sobre vários assuntos diversos, pode ter certeza que um dos assuntos agradará você. Criado por dois estudantes de Engenharia Química (Não, eles não fazem bomba atômica e nem nuclear), neste Podcast o ouvinte ganha voz e pode expressar suas opiniões, inclusive pode até chegar a participar de programas, pois no Nosso Cast a sua opinião vale alguma coisa. Este é um excelente Podcast para seu ouvir enquanto trabalha, só tome cuidado com as risadas altas.

Nintendo Revolution

maio 8, 2012

 

Começou a rolar pela internet a imagem de um console do Super Nintendo totalmente modernizado, conhecido por “Nintendo Revolution”. Alguns acham que é só uma brincadeira, mas é real, pelo menos em parte.

Por enquanto é um projeto do designer colombiano Alejandro Duque. Em uma conversa que eu tive com ele, ele me contou que a ideia é reviver a nostalgia que os jogos clássicos e os consoles antigos proporcionam. Logicamente que com o Wii já é possível ter acesso a alguns desses jogos antigos, mas tem se observado uma tendência de tentar resgatar tecnologia ultrapassada. Com a idéia dele e o carinho que tem pelo Super Nintendo ele decidiu redesenhar o console, mas com algumas adaptações, de acordo com a tecnologia e dinâmica atual. Com um pouco de sonho, ele se perguntou se seria possível a Nintendo ouvir a proposta dele, então ele decidiu criar um grupo no Facebook e colocar no blog 9gag.com para ver quantas pessoas gostariam de ver a Nintendo desenvolver a idéia. Surpreendentemente, em 24 horas o grupo do Facebook recebeu mais de 5 mil membros, e o blog 9gag.com recebeu mais de 30 mil likes.

Além dos jogos do Super Nintendo, ele tem a ideia também de que o console tenha suporte aos games do Nintendo 8-Bits (o famoso Nintendinho), e do Game Boy. Ele também me informou que entrará em contato com a Nintendo depois que o grupo do Facebook chegar aos 10 mil membros.

Quer fazer esse projeto se tornar real? Junte-se a nós no Facebook: I Want my Nintendo Revolution

(http://www.facebook.com/groups/316049118465062/)

Compra da Continuum Entertainment e Outlive 2 é tudo uma farsa!

abril 9, 2012

No ano passado em vários locais na internet começou a ser divulgado uma série de noticas sobre a empresa Continnum, responsável pelo jogo Outlive. Eu cheguei a escrever uma matéria neste meu blog sobre o game e ainda citei sobre a compra da empresa e sobre o Outlive 2 (Clique aqui para ler a matéria).

Hoje fui entrar no site da Continuum para ver se tinha mais alguma noticia sobre o assunto e eis que me deparo com uma Nota de Esclarecimento. Fui até o Facebook, Twitter e Orkut de onde pegava as informações da empresa e do jogo e vi que as páginas foram apagadas.

A Nota de Esclarecimento no site da Continuum diz o seguinte:

Em respeito aos fãs, a Continuum Entertainment vem por meio desta nota esclarecer que as últimas notícias veiculadas em diversos sites e redes sociais são totalmente falsas: uma pessoa que se identifica como “Elivelton Ronie da Silva” afirma ser o novo CEO da Continuum Entertainment, e informa que fez um acordo com os sócios da empresa adquirindo todos os direitos autorais dos jogos desenvolvidos e também a própria empresa. Isso não é verdade!

Além de divulgar informações que não condizem com a realidade, esta pessoa conseguiu ilegalmente acesso ao nosso site e fez alterações que não foram autorizadas pelos sócios da Continuum.

Devido a este comportamento, um dos sócios da Continuum registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Crimes Cibernéticos de Curitiba, no dia 02/06/2011, com o intuito de que o responsável seja investigado e que responda criminalmente por seus atos.

A Continuum informa que não possui nem nunca possuiu nenhum perfil em redes sociais como twitter, facebook, orkut ou qualquer outra. Opiniões, comentários ou notícias que foram ou que venham a ser veiculadas nesses meios não expressam o pensamento da empresa ou de seus sócios.

A Continuum Entertainment encerrou oficialmente suas atividades em 10/09/2009, depois de vários jogos desenvolvidos, como o Duelo (desenvolvido para o Provedor Onda), Othello (publicado nas revistas Big Max e Revista do CD-Rom, e que mais tarde foi comercializado no mercado alemão), Smilinguido e o Desafio na Floresta, Xuxa e os Duendes 2, Ronald McDonald e o Resgate dos Bichos, No Limite e Big Brother Brasil. Além destes produtos, a Continuum desenvolveu o Outlive, jogo de estratégia em tempo real que foi comercializado no Brasil, EUA e em alguns países da Europa. Todos os direitos autorais e marcas da empresa foram legalmente transferidos como propriedade particular aos sócios da Continuum.

Atualmente os sócios da Continuum encontram-se em atividades profissionais que não estão mais ligadas ao ramo de entretenimento, mas gostariam de preservar a história criada pela empresa e seus produtos. Empresas e/ou empreendedores sérios, que compartilham da filosofia criada pela Continuum e que tenham interesse e meios para dar continuidade ao legado da empresa, podem estabelecer um diálogo direto com os sócios da Continuum através do e-mail continuum@continuum.com.br. (Observação: somente e-mails relacionados a este assunto serão respondidos!)

Agradecemos pelo apoio dado pelos fãs durante toda a “era de sobrevivência” da Continuum Entertainment!

Curitiba, 27 de Dezembro de 2011.

Continuum Entertainment

Isso é algo muito triste pra mim e para os fãs de Outlive, a qualidade das imagens utilizadas eram grandes e as informações eram bem convincentes, inclusive saiu até entrevistas em sites e blogs especializados sobre games e isso fez com que todos acreditasem em Outlive 2. Eu gostaria de agradecer os sócios da Continuum por ter nos cedido a melhor “era de sobrevivência” que tivemos e quem sabe um dia Outlive 2 possa ter tornar uma realidade.

O Universo de Mortal Kombat

março 9, 2012

 

 

Test your might! Choose your destiny…

Dezoito games, dois filmes, um curta-metragem, um filme em desenho animado, duas séries, uma série em desenho animado, uma série em quadrinhos e um musical (sim, existe um musical do Mortal Kombat), resumem a franquia e o sucesso do Universo de Mortal Kombat.

Tudo começou em 1992 quando Ed Boon e John Tobias desenvolveram o primeiro game lançado pela Midway Games para os árcades e depois para os consoles caseiros pela Acclaim Entertainment. Devido ao seu grande sucesso, a série se expandiu para outras mídias como filmes, séries de TV e quadrinhos, e em julho de 2009, após a falência da Midway, a franquia foi comprada pela Warner Bros.

Os primeiros jogos e suas atualizações foram feitos com jogabilidade 2D e eram especialmente notadas pelos seus sprites digitalizados (diferente dos outros jogos que usavam sprites desenhados a mão), e sua grande quantidade de sangue e violência.

A grande fama do game veio à tona pelo uso das finalizações, O Fatality! Onde o oponente é cruelmente morto, podendo ocorrer desmembramentos, empalação, decapitação, entre outras variações, sempre envolvendo sangue e sofrimento. Depois foram surgindo finalizações novas como o Friendship, no qual o lutador faz algum tipo de brincadeira ou oferece algum presente à vítima de acordo com sua natureza. O Babality que transforma o oponente em um bebê. O  Animality em que jogador se transforma em um animal e ataca o oponente. E o Brutality que o jogador executa um combo de 14 golpes terminando com um uppercut (gancho) que explode o oponente e caem os ossos em seguida.

Uma dúvida que eu sempre tive era saber o significado dos principais personagens da série, fui atrás e encontrei. Veja a etimologia:

Baraka: Significa “benção” em Árabe.

Cyrax: “Imparável” em Nigeriano.

Ermac: Error” + “Macro”. (Na verdade era um erro do sistema que misturava os ninjas, causando algo chamado “Error Macro” que no jogo era abreviado para Ermac, resultando em um ninja vermelho. E seu nome na tela de Ranking na verdade era um contador de erros.)

Goro: Significa “Quinto” em Japonês. Goro é o “Quinto Filho“.

Jade: Verde, Gema/Joia.

Jax: Diminutivo de “Jackson“.

Johnny Cage: A parte “Cage” é uma brincadeira com o nome Japonês “Kage”, que significa “Sombra“.

Kabal: Uma brincadeira com a palavra “Cabal”, o conglomerado elitista hebreu que praticava a magia judia chamada Cabala.

Kano: Japonês para “poder masculino“.

Kintaro: “Taro” significa “menino” em Japonês. Kintaro significa aproximadamente “Menino dourado

Kitana: Do Persa “Kataneh”, também significa “disciplina” em Japonês.

Kung Lao: A palavra em Chinês “Gong Lao” significa “Homem velho“.

Kurtis Striker: Kurtis é uma grafia alternativa de “Curtis” que significa “Cortês”.

Liu Kang: Um pintor de Cingapura.

Mileena: Vem de Meleena, que é Grego para “mel

Motaro: Vem de uma história folclórica japonesa chamada “momotaro” que literalmente significa “pêssego“.

Nightwolf: (Lobo da Noite) Claramente um nome tribal, visto que Nightwolf é Nativo-Americano.

Noob Saibot: Uma brincadeira com os sobrenomes dos dois criadores da série, Ed Boon e John Tobias, ao contrário.

Raiden: De um mito japonês, Raijin, que significa “deus japonês dos raios e trovões“.

Rain: Água condensada de vapor atmosférico que cai em gotas (em Inglês, o termo “Rain” significa “chuva“). A cor roxa de sua armadura pode ser uma referência á canção “Purple Rain”, do cantor Prince.

Reptile: (Réptil em inglês) Devido á sua raça ser parecida com lagartos.

Scorpion: Nome de um Samurai legendário.

Shang Tsung: Ancião Ressucitado“.

Shao Kahn: Persa para “Grande Rei“.

Sheeva: Divindade Indiana, Deusa do Amor, que assim como a personagem, possui vários braços.

Sindel: Alemão antigo para “cinza“, também significa “pessoa inútil” em gíria.

Sonya: Ouro” em Sânscrito. “Sonya” também é o nome de uma das irmãs de Ed Boon. E “Blade” é uma óbvia referência á uma arma.

Sub-Zero: Abaixo de zero.

Até hoje Mortal Kombat já teve mais de 70 personagens diferentes. A série de games ainda é lançadas para os consoles mais recentes e também continua fazendo o sucesso de sempre.

Flawless Victory!!!

Outlive ainda é lembrado e jogado

junho 15, 2011

Decidi relembrar minha infância. Recentemente voltei a jogar o Game Outlive com um povo na internet. Pra quem não conhece o Outlive é um jogo brasileiro produzido pela empresa Continuum Entertainment e em minha opinião o melhor game já desenvolvido no Brasil. Foi tão bom que chegou até sair no New York Times.

A Continuum Entertainment foi fundada em 1998 com o objetivo de atuar na pesquisa e desenvolvimento de jogos para PC. Ela ficou na Incubadora Tecnológica de Curitiba (INTEC), onde ficou incubada até outubro de 2000. Terminado o período de incubação, a Continuum mudou-se para uma sede própria, também situada na cidade de Curitiba-PR.

O jogo Outlive é um game de estratégia em tempo real, onde o jogador deve comandar tropas militares a fim de explorar os recursos naturais do cenário e eliminar as tropas inimigas. Em minha opinião Outlive fez sucesso porque ele reuniu tudo o que os games de estratégias tinham de melhor na época.

Lançado em 2001, Outlive foi o maior projeto da Continuum. Este foi o primeiro jogo brasileiro que teve grande propagação internacional, sendo publicado internacionalmente pela Take-Two Interactive nos Estados Unidos e Europa.

Em 2004 o site da empresa parou de ser atualizado, dando rumores na época de que a empresa estava com problemas que foi confirmado meses depois. Por falta de investidores e não tendo lucros suficientes para um novo projeto, os sócios decidiram seguir caminhos diferentes abandonando a empresa que não poderia encerar suas atividades em razão do contrato assinado pela Take-Two Interactive que era de 7 anos.

Em 2009 após o término do contrato com a Take-Two Interactive, a Continuum Entertariment tem suas atividades oficialmente enceradas.

Em maio de 2011 surgiu uma notícia de que a Empresa foi vendida para um empresário do Rio Grande do Sul. O Empresário confirma que tem projetos para Lançar Outlive 2.

O que eu tenho a dizer é que Outlive deixou saudades, o game é excelente e muito melhor do que vários games de estratégias lançados até hoje. Apesar dos anos passarem nunca deixei de jogar, tanto é que faço parte de um Clã de Outlive: The Rocks Clan

http://www.therockclan.blogspot.com/

E que venha Outlive 2!!!

Virou moda estragar a infância dos outros!

março 5, 2011

Dizem que o ano no Brasil só começa mesmo depois do Carnaval, pessoas de outros países vêm pra nossa terra nessa época somente para curtir essa festa cheia de sexo, bebidas e música medíocres que de tão ruim acabam que penetrando na cabeça das pessoas e ao passar do tempo fica fixado em suas mentes e não saem de lá por um bom tempo.

E é sobre isso que eu vou falar agora, neste ano de 2011, virou moda estragar a infância de nossa juventude, decidiram utilizar-se de temas e personagens que nos alegravam na época dos anos 80 e 90 e transformaram-nas em forró.

O que vou postar a seguir são vídeos de poluição sonora músicas que estão dizendo que vãos ser os hits desse carnaval de 2011.  Venho alertar a todos: Cuidado, esses sons realmente podem provocar reações alérgicas em seu cérebro.

Bom feriado a todos!

[Liga da Justiça – Foge Mulher Maravilha]

 

[Pac-man, Street Fighter, Mortal Kombat, International Superstar Soccer]

 

[Dança do Street Fighter]

 

[Dança do Hadouken]

 

[Power Rangers]

 

[Top Gear]