Archive for the ‘Revoltas Revoltantes’ Category

A sociedade (manipulada) criada pela mídia

agosto 17, 2013

Imagem

Acho que eu tenho um problema, talvez eu precise procurar ajuda profissional: um médico, pastor, exorcista, sei lá. Por que eu jogo RPG de Mesa e videogames mas não sou do jeito que a mídia diz que pessoas que fazem isso são.

Eu jogo Assassin’s Creed, mas não matei meus pais.

Eu jogo GTA, mas nunca sai por ai roubando carros e atropelando pessoas.

Eu jogo Sim City, mas não sou prefeito de uma cidade.

Eu jogo The Sims, mas nunca matei o meu vizinho afogado tirando a escada da piscina e também nunca me senti como um Deus na vida real querendo manipular a vida e a sociedade das pessoas (Como certa emissora faz)

Eu jogo Banco Imobiliário, mas não sou rico.

Eu jogo Super Mario, mas não saio por aí quebrando tijolos achando que vou tirar moedas de ouro. Muito menos fico pulando em cima de tartarugas e jogando bolas de fogos nos meus inimigos.

Eu jogo Zelda, mas não entro na casa dos outros sem autorização e saio quebrando os vasos para ver se encontro algo dentro.

Eu jogo Need For Speed, mas não saio por ai com o meu carro disputando racha nas ruas da cidade.

Eu jogo Pro Evolution Soccer, mas não sou um jogador de futebol, inclusive eu sou um péssimo jogador na vida real.

Eu jogo Angry Birds, mas não fico atirando passarinhos em porcos.

Eu jogo Pokemon, mas não fico botando animais para duelarem um contra o outro.

Eu jogo RPG de mesa, mas nunca sacrifiquei alguém e também nunca participei de um ritual satânico.

Eu jogo Tony Hawk Underground, porém eu não sei andar de skate na vida real.

Eu jogo Battlefield, mas nunca participei de uma guerra de verdade.

Eu jogo Street Fighter, mas não fico lutando com as pessoas na vida real, muito menos quebrando carro na porrada.

Eu jogo Mortal Kombat, mas nunca atirei alguém de uma ponte e também nunca arranquei a cabeça de alguém com um soco.

Jogo Harvest Moon, mas nem tenho uma fazenda na vida real.

Jogo Star Wars, mas não sou um Cavaleiro Jedi de verdade, muito menos tenho um sabre de luz.

Eu jogo Pac-Man, mas nunca fiquei em uma sala escura, com luzes piscando, música eletrônica tocando freneticamente e eu tomando pílulas que me deixariam alterado.

Talvez eu precise melhorar, porque eu não sou nada disso dai que eu escrevi mas segundo a mídia jogos influenciam as pessoas, porém eu não fui influenciado por nenhum. Será que é algum problema comigo?

Carnaval 2013 – De que lado você está?

fevereiro 11, 2013

carnaval

Chega o ano de 2013 e mais uma vez vem junto o carnaval. Como sempre eu prefiro ficar em casa, curti algo saldável. Porém não dá pra se livrar dos carros que ficam passando pela sua rua com hits do momento que mesmo sendo de artistas brasileiros não se sabem o que eles estão falando, afinal o que significa Tchê tcherere tchê tchê; Bará bará bará, Berê berê berê; É Nóis Faze Parapapá…

Eu lembro uma campanha antiga do carnaval, a Daniela Mercury aparecia na campanha e dizia assim:

“Quando for pular carnaval, não leve bolsa pra não te roubarem, evite sair de mini saia pra ninguém abusar de você, se possível não vá de chinelo pra não machucar os pés e use camisinha. Carnaval é alegria!”
Um momento. Ela disse que tá acontecendo um negócio lá fora que podem me roubar, me pisar, me machucar, pode até ser que me estuprem e eu pegue AIDS e ainda ela diz que é alegria e quer que eu vá?

Muita gente fala: “O carnaval é uma festa brasileira, temos que dar valor ao que é nacional”. MENTIRA! Carnaval não é brasileiro, ele surgiu na Europa, no período Vitoriano e então se espalhou ao mundo a fora e se adaptou as culturas que os escravos trouxeram pro Brasil.

Outra coisa, falam que o Carnaval é a maior festa popular. MENTIRA! O Carnaval hoje virou negócio, movimentando rios de dinheiro, e envolvendo os mais ricos da sociedade. Podemos ver pelos camarotes vips, as festas privadas, e quem não tem dinheiro será que também não tem direito de se divertir da mesma maneira que uma pessoa no camarote Vip?

E o pior de tudo é a quantidade de médicos, enfermeiros e ambulâncias que ficam a disposição para atender os bêbados de plantão e os valentões que se metem em briga. Onde estão esses mesmos médicos, enfermeiros e ambulâncias quando se precisa atender uma criança, um doente ou um idoso. E a quantidade de policiais que se encontra nas ruas para garantir a ordem do carnaval e no dia-a-dia falta segurança para o cidadão.

Você já parou pra pensar quanto que a prefeitura gasta pra fazer um Carnaval, já pensou que esse dinheiro todo poderia ser usado na saúde, na educação pagando salário de professores em vez de usar em uma festa onde tudo é permitido e onde se tem o maior número de registro de gravidez indesejada e de DSTs. Pois é, por isso que eu disse que prefiro ficar em casa curtir algo saldável. E você de que lado está?

Compra da Continuum Entertainment e Outlive 2 é tudo uma farsa!

abril 9, 2012

No ano passado em vários locais na internet começou a ser divulgado uma série de noticas sobre a empresa Continnum, responsável pelo jogo Outlive. Eu cheguei a escrever uma matéria neste meu blog sobre o game e ainda citei sobre a compra da empresa e sobre o Outlive 2 (Clique aqui para ler a matéria).

Hoje fui entrar no site da Continuum para ver se tinha mais alguma noticia sobre o assunto e eis que me deparo com uma Nota de Esclarecimento. Fui até o Facebook, Twitter e Orkut de onde pegava as informações da empresa e do jogo e vi que as páginas foram apagadas.

A Nota de Esclarecimento no site da Continuum diz o seguinte:

Em respeito aos fãs, a Continuum Entertainment vem por meio desta nota esclarecer que as últimas notícias veiculadas em diversos sites e redes sociais são totalmente falsas: uma pessoa que se identifica como “Elivelton Ronie da Silva” afirma ser o novo CEO da Continuum Entertainment, e informa que fez um acordo com os sócios da empresa adquirindo todos os direitos autorais dos jogos desenvolvidos e também a própria empresa. Isso não é verdade!

Além de divulgar informações que não condizem com a realidade, esta pessoa conseguiu ilegalmente acesso ao nosso site e fez alterações que não foram autorizadas pelos sócios da Continuum.

Devido a este comportamento, um dos sócios da Continuum registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Crimes Cibernéticos de Curitiba, no dia 02/06/2011, com o intuito de que o responsável seja investigado e que responda criminalmente por seus atos.

A Continuum informa que não possui nem nunca possuiu nenhum perfil em redes sociais como twitter, facebook, orkut ou qualquer outra. Opiniões, comentários ou notícias que foram ou que venham a ser veiculadas nesses meios não expressam o pensamento da empresa ou de seus sócios.

A Continuum Entertainment encerrou oficialmente suas atividades em 10/09/2009, depois de vários jogos desenvolvidos, como o Duelo (desenvolvido para o Provedor Onda), Othello (publicado nas revistas Big Max e Revista do CD-Rom, e que mais tarde foi comercializado no mercado alemão), Smilinguido e o Desafio na Floresta, Xuxa e os Duendes 2, Ronald McDonald e o Resgate dos Bichos, No Limite e Big Brother Brasil. Além destes produtos, a Continuum desenvolveu o Outlive, jogo de estratégia em tempo real que foi comercializado no Brasil, EUA e em alguns países da Europa. Todos os direitos autorais e marcas da empresa foram legalmente transferidos como propriedade particular aos sócios da Continuum.

Atualmente os sócios da Continuum encontram-se em atividades profissionais que não estão mais ligadas ao ramo de entretenimento, mas gostariam de preservar a história criada pela empresa e seus produtos. Empresas e/ou empreendedores sérios, que compartilham da filosofia criada pela Continuum e que tenham interesse e meios para dar continuidade ao legado da empresa, podem estabelecer um diálogo direto com os sócios da Continuum através do e-mail continuum@continuum.com.br. (Observação: somente e-mails relacionados a este assunto serão respondidos!)

Agradecemos pelo apoio dado pelos fãs durante toda a “era de sobrevivência” da Continuum Entertainment!

Curitiba, 27 de Dezembro de 2011.

Continuum Entertainment

Isso é algo muito triste pra mim e para os fãs de Outlive, a qualidade das imagens utilizadas eram grandes e as informações eram bem convincentes, inclusive saiu até entrevistas em sites e blogs especializados sobre games e isso fez com que todos acreditasem em Outlive 2. Eu gostaria de agradecer os sócios da Continuum por ter nos cedido a melhor “era de sobrevivência” que tivemos e quem sabe um dia Outlive 2 possa ter tornar uma realidade.

Carnaval 2012: Vem Poluir Sua Cabeça

fevereiro 17, 2012

E a festa mais esperada pelo povo-sem-cultura está chegando novamente: Carnaval!

Como disse ano passado essa é uma festa cheia de sexo explicito, bebidas e música medíocres que de tão ruim acabam que penetrando na cabeça das pessoas e ao passar do tempo fica fixado em suas mentes e não saem de lá por um bom tempo.
E o pior, ainda continua a acabar com a infância de muitos.

Na boa gente, se quer curtir no carnaval, curte sozinho tá, mas não estraga a minha infancia não!

Segue as poluições sonoras desse ano:

[Dança do Mortal Kombat]


[Passinho do Mário Bros]


[Dança do Chapolin]

Poluição Sonora!!!

abril 20, 2011

Brasil, um país cheio de oportunidades e beleza, um pedaço de terra que é orgulho de muitos brasileiros, mas também é alvo de vergonha e frustação. Não só por causa da política, mas também pela cultura, ou melhor, falta dela.

Pra ser mais específico, estou falando da cultura musical. No Brasil, virou moda pegar uma musica medíocre, aumentar o status dela até que ninguém mais consiga sair na rua ou entrar em contato com um meio de comunicação sem ser bombardeado por essa poluição sonora. Aquela que tiver a letra mais escrota ou menor lógica musical acaba se tornando rapidamente o hit do momento, contagiando todos aqueles que não têm defesas naturais contra a mediocridade: o bom senso.

A única explicação que eu consigo pra isso é o seguinte: O indivíduo ouve a música e não acredita que aquele lixo realmente é um trabalho sério de alguém. Após ele escutar, começa a mostrar para seus amigos e estes mostram para os amigos de seus amigos e, por final, já se disseminou pelo Brasil todo no dia seguinte. Então, aparecem as rádios, elas acham que o povo está gostando da música por ela ser engraçada e começam a tocá-la várias vezes ao dia em suas programações para conseguir audiência.

Podemos perceber que, em nosso país, somos campeões de músicas originalíssimas como o Rebolation, Foge mulher maravilha, Ela sai de saía de bicicletinha, e outros dejetos à parte. Sarcasticamente falando, vemos que fica muito evidente a cultura (“curtura”) nessas músicas e quanto ao lirismo musical, nem se fala.

Se isso ficasse só em seus devidos lugares de origem, tudo bem, o problema é que acabam disseminando para o resto do país, fazendo com que esses “sucessos” sejam usados em programas de TV reforçando a comédia da programação. Essas coisas acabam viciando o povo e se tornando um tipo de droga, ganhando status e sendo consumida em todo território nacional.

Muitos devem achar que isso é só um tipo de brincadeira, mas brincadeira seria para uma pessoa ideologicamente formada e que não se deixa influenciar por qualquer coisa, o que infelizmente não é a maioria do povo brasileiro. As novas gerações e mentes fracas que ainda não se formaram psicologicamente sofrem uma grande influência com esse tipo de “brincadeira”.

Você pode até falar: “Deixa cada um ouvir o que quiser!”.

Deixar cada um ouvir o que quiser é uma ótima ideia, só que o direito de um termina no direto do outro. Se alguém fica enfiando essas coisas em programa de TV, comercial, rádio ou qualquer outra forma de comunicação isso é imposição à cultura, e se você desliga o rádio ou a TV, passa um carro de som na rua com o volume bem mais alto, quebrando o argumento citado anteriormente sobre deixar cada um ouvir o que quiser.

Não estou protestando contra as pessoas que gostam desse tipo de “música”. É contra aqueles que propagam sem querer, ou até mesmo por querer, esse tipo de poluição prejudicando sim o desenvolvimento intelectual de muita gente, principalmente de nossos jovens e crianças, a menos que você queira que se seu filho se torne um cantor de funk ou pagodeiro, etc.

Se você acha que tudo isso que eu escrevi não tem nenhum sentido, então pergunte pra qualquer pessoa culta e inteligente que entenda realmente sobre cultura e música.

Enfim, a poluição sonora sempre estará aí pra quem quiser ouvi-la. O que eu acho pior é o quanto os meios de comunicação dão forças para isso, enquanto que deveriam fazer exatamente o contrário: estimular criatividade e divulgar uma cultura de verdade. Principalmente com a forma de comunicação mais incrível que já criaram: a música. Só espero que essas modinhas que os brasileiros inventam sejam apenas passageiras e quando elas passarem o povo finalmente entenda e cresça.

Virou moda estragar a infância dos outros!

março 5, 2011

Dizem que o ano no Brasil só começa mesmo depois do Carnaval, pessoas de outros países vêm pra nossa terra nessa época somente para curtir essa festa cheia de sexo, bebidas e música medíocres que de tão ruim acabam que penetrando na cabeça das pessoas e ao passar do tempo fica fixado em suas mentes e não saem de lá por um bom tempo.

E é sobre isso que eu vou falar agora, neste ano de 2011, virou moda estragar a infância de nossa juventude, decidiram utilizar-se de temas e personagens que nos alegravam na época dos anos 80 e 90 e transformaram-nas em forró.

O que vou postar a seguir são vídeos de poluição sonora músicas que estão dizendo que vãos ser os hits desse carnaval de 2011.  Venho alertar a todos: Cuidado, esses sons realmente podem provocar reações alérgicas em seu cérebro.

Bom feriado a todos!

[Liga da Justiça – Foge Mulher Maravilha]

 

[Pac-man, Street Fighter, Mortal Kombat, International Superstar Soccer]

 

[Dança do Street Fighter]

 

[Dança do Hadouken]

 

[Power Rangers]

 

[Top Gear]

 

 

Trojan no site do Banco do Brasil

novembro 18, 2010

Ontem à noite, dia 17 de novembro, por volta das 23h30min eu acessei a minha conta do Banco Brasil pelo site. Porém, sem saber, acabei sendo vítima de um trojan (Conhecido também por Cavalo de Tróia) no qual roubou a minha senha bancária.

O trojan é um programa que age entrando no computador e liberando uma porta para uma possível invasão e é fácil de ser enviado.  Geralmente ele é usado para pegar senha ou outras informações pessoais. Nele também pode haver um pacote de vírus que é usado para destruir um computador.

Os trojans atuais são disfarçados de programas legítimos e alguns programas piratas como Cracks e geradores de Serial (Keygen), eles não criam réplicas de si (e esse é o motivo pelo qual o Cavalo de Tróia não é considerado um vírus). São instalados diretamente no computador. De fato, alguns trojans são programados para se autodestruir com um comando do cliente ou depois de um determinado tempo. Sua fama cresceu na Internet pela sua facilidade de uso, fazendo qualquer pessoa possuir o controle de outro computador apenas com o envio de um arquivo.

Mas voltando ao assunto, meu notebook foi infectado através do pen-drive de meu pai que provavelmente pegou de algum site da internet. Eu fiquei sabendo disso, porque me ligaram por volta da 17h00min da Central do Banco do Brasil perguntando se eu tinha acessado minha conta hoje à tarde, e eu respondi que não. Porque suspeitaram do seguinte: Tentaram ver o saldo da minha conta poupança pela internet às 14h30min do dia de hoje, 18 de novembro (Neste horário meu notebook estava desligado e eu estava brincando com a minha filha), porém eu não possuo conta poupança, chegando a conclusão que de fui hackeado. Imediatamente me informaram que para a minha segurança a minha senha já havia sido bloqueada e que era pra eu comparecer a minha agência bancária para efetuar a alteração da senha da internet e a alteração da senha do banco e também me passaram alguns procedimentos a fazer com o meu computador para que eu pudesse remover esses arquivos maliciosos.

Mas como é que esse trojan consegue fazer isso? Ele invade o computador e toda vez que tentamos acessar o site do Banco do Brasil ele redireciona para o site falso que é idêntico ao site original do Banco do Brasil, mas ainda é possível identificar a diferente entre a página original e a falsa. No meu caso eu fui descuidado e não tomei as medidas de seguranças necessárias, por isso fui infectado. Mas estou aqui para mostrar para você como identificar qual é o original e qual é o falso, para que não ocorra com você o mesmo que ocorreu comigo.

1º) Primeiramente nos campos onde deve-se digitar o numero da agência e o da conta corrente, digite um numero da agência falso e um numero de conta corrente falso também.

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

2º) Na pagina seguinte verifique se na barra de endereço, na parte de cima, começa com HTTPS. Se não começar significa que o site não é seguro e que ele provavelmente é falso. Geralmente o site falso começa com HTTP, sem o S no final.

 

3º) Ainda nesta pagina verifique se ele pede somente a senha de 8 dígitos, que é a senha usada somente para acessar a conta pela internet. Caso ele peça para você digitar mais alguma outra informação, como a sua senha de 6 dígitos ou o número do seu cartão, é o site falso.

4º) Continuando nesta página, mais em baixo, no canto direito, você verá um desenho de um cadeado que significa que o site é seguro, coloque a seta do mouse em cima deste cadeado e verá qual é o certificado de segurança deste site. Caso o site não apresente esse cadeado significa que ele não é um site seguro e provavelmente é a página falsa do Banco do Brasil.

Caso não apresente nenhum sinal de que a pagina seja falsa, pode simplesmente apagar os números falsos da agência bancária e da conta corrente, escrever os números verdadeiros e a sua senha para poder acessar sua conta.

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

PAGINA FALSA DO BANCO DO BRASIL - CLIQUE PARA AMPLIAR

Lembrando que essa maldade não é culpa do Banco do Brasil e sim de hackers que fazem isso para tomar posse de nossos dados bancários.

E para sua segurança:

1) Mantenha sempre seu antivírus atualizado.

2) Não fique instalando coisas em seu computador sem saber sua origem.

3) Não abra e-mails que contenham arquivos anexados com extensões: .exe, .cmd, .bat, .scr, .vbs, .ws.

4) Não fique entrando em sites indevidos ou sites que apresente algum caráter duvidoso, pois não precisa clicar em nada, bastar entrar em um site infectado que você já pode se tornar uma vítima.

5) Não fique clicando em qualquer link que não conheça enviado por e-mail, por mais que o e-mail tenha sido enviado por uma pessoa conhecida, ela pode ter sido uma vítima.

6) Os bancos não enviam e-mails oferecendo softwares para download, processos de recadastramento ou coisas como essa. Esses procedimentos são feitos diretamente em suas agências ou em caixas eletrônicos, mediante apresentação de cartão, identificação, senha, etc. Por isso nunca abra qualquer e-mail relacionado a algum banco.

Você pode estar pensando: “Nossa! Quanta coisa chata”. Mas é uma coisa chata que vai manter a segurança do seu saldo bancário.

Conta pública de Santa Mariana

fevereiro 7, 2010

Como todos sabem, é um direito de todo cidadão ter conhecimento das contas públicas de seu município. Então eu, como um cidadão, decidir dar uma olhada nos gastos que o governo de minha cidade anda tendo.

Entro no site do meu município: http://www.santamariana.pr.gov.br

Clico em “CONTA PÚBLICA”

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Me deparo com a sequinte página de prestação de conta

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Nada mais a dizer!

A culpa é da maçã!

janeiro 17, 2010

Maçã

Eu acho impressionante o quanto à maçã é perseguida ao longo da história. Ela é considerada como o fruto proibido, no qual foi responsável por fazer Adão e Eva pecarem e serem expulsos do paraíso, mas espere aí? Em nenhum momento do trecho do livro de Gênesis é citado à maçã como fruto proibido, na bíblia é simplesmente tratado como “fruto”. Veja o trecho a seguir:

“mas do fruto da árvore que está no meio do jardim disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais.” (Gênesis 3:3)

A palavra maçã aparece na bíblia somente 5 vezes e em nenhuma das vezes é relacionada ao fruto proibido, Então porque teve que ser justo a maçã que os teólogos tiveram que considerar como fruto proibido? O que a maçã tem de pecadora, o que ela tem de tão ruim pra ser considerara proibida?

Já no conto de fadas da Branca de Neve, quem é a vilã da história: a maçã! A madrasta oferece a maçã à Branca de Neve, que, ao comê-la, cai em um sono profundo. Por que tinha que ser uma maçã? Por que não usaram, por exemplo, um bolo de chocolate? Pode ser porque ela não cairia no sono, mas sim ficaria mais gordinha ou teria problemas de diabetes. E se fosse oferecido então um suculento pedaço de picanha, um pedaço de leitoa ou asinhas de frango? A Branca de Neve poderia ter problemas com colesterol alto, ou, no pior dos casos, desenvolverem o mal da “Vaca Louca”, pegar uma “Gripe Suína” ou quem sabe até uma “Gripe Aviária”.  Mas não! Tinha que ser justo a maçã! Se queriam matar ela poderiam oferecer um cigarro, ou uma bebida. Ela não teve nem a chance de ficar viciada, comeu a maçã e pronto: caiu dura no chão.

Você deve achar que eu estou ficando louco, que devo estar pegando pesado com a maçã. Religiosos me criticariam por blasfêmia e ainda por cima pela maçã ser simbólica. O mesmo me diriam professores, pedagogos e os pais em geral, relatando que a maçã no conto de fadas é só uma metáfora para as crianças não aceitarem nada de pessoas estranhas. Eles estão certos. Mas, então, por que pegar no pé só da maçã?! A bruxa, fantasiada de velha poderia ter oferecido um doce à Branca de Neve. O doce estaria envenenado e a Branca de Neve cairia no golpe do “Boa Noite Cinderela”. Atualizando a história, as crianças de hoje não aceitariam mesmo a maçã. Elas iriam preferir uma bala, um doce ou um bolo de chocolate!

Nem no caso de Eva, eu acho que ela ficaria tentada por comer uma maçã, eu sei que segundo os textos sagrados, ela queria ter o conhecimento do bem e do mal, e no caso ela teria que comer o tal fruto proibido que vinha dessa árvore. Mas poderia usar outra fruta, uma manga, uma pêra, etc.

Até Isaac Newton não escapou da maçã, tanto é que ele descobriu a gravidade por causa dela, segundo alguns comediantes historiadores. A maçã (em algumas versões da história dizem que ela estava verde) caiu em sua cabeça (ainda bem que não foi uma jaca) e ele percebeu a força de atração gravitacional.

Mas será que a maçã é a fruta mais comum do universo? Não davam para serem mais criativos e colocar outras frutas no decorrer das histórias? Até em Death Note tem a sua maçã. Death Note é um mangá, que acabou virando anime e depois de um tempo ganhou uma adaptação em um filme, que conta a história de um shinigami (deus da morte) que deixou o seu “Caderno da Morte” cair na Terra, e um jovem japonês encontrou esse caderno e descobriu que toda pessoa cujo nome esteja escrito nele, morrerá. Durante grande parte do mangá e até do anime, a maçã tem uma ênfase muito grande, e aparece sempre, e em todos os capítulos, de fato é de deixar muita gente curiosa, muitos acham que a relação da maçã em Death Note é uma apologia ao fruto proibido do jardim do Éden. Lembrando que até o shinigami uma hora diz ao jovem: “Aquele que usar o Death Note, não poderá ir nem ao céu e nem ao inferno”. De um jeito mais aberto, podemos assim dizer: “Aquele que usar o Death Note, deve provar da fruta proibida”. Pois quem usa o Death Note, quando morrer está condenado a vagar em outra dimensão (O Mundo dos shinigamis). Em Death Note o shinigami só come maçã e chegar até passar mal e ter crises de abstinência quando fica alguns dias sem comê-la. Azar do jovem que tem que gastar seu precioso dinheiro pra ficar comprando maçãs todos os dias. Lembrando que essa teoria sobre a maçã em Death Note é só uma suposição. Mesmo que o autor da obra tenha afirmado que a maçã não tem significado nenhum, simplesmente é a comida preferida do shinigami. Mas que é curioso. Isso é!

Bom, depois de tantas maçãs famosas eu ainda pretendo continuar comendo maçã (de preferência maçã argentina), mas tenho a impressão que ela pode ser prejudicial à minha saúde…