Posts Tagged ‘Mr. Fusion’

6 lições que aprendi com “De volta para o futuro”

outubro 21, 2015

151020133357backfutdate

 

No ano de 1989 estreava nos cinemas do mundo todo o Filme “De volta para o futuro – Parte II”, onde Marty McFly e Doc Brown viajaram para o futuro, mais precisamente para o dia 21 de outubro de 2015. 26 anos depois estamos aqui, no dia 21 de outubro de 2015 do presente.

É incrível como a trilogia de “De volta para o futuro” é popular no mundo todo até hoje, e a razão para todo esse sucesso é o fato de que as pessoas se identificam facilmente com a vida dos personagens. Quem nunca quis saber como foi a adolescência dos seus pais?

Além deste fato, é possível ver também que o filme ensina muita coisa sobre relacionamento e comportamento, e é o que vim trazer aqui hoje para vocês! Abaixo vão ver 6 lições de vida que eu aprendi com “De volta para futuro”.

 

1ª Lição: Não exagere

Marty McFly gosta de exagerar na guitarra, Beff exagera em se aproveitar do George McFly (pai de Marty), e em seu plano para se tornar rico, Doutor Emmett Brown usa a máquina do tempo exageradamente. Tudo que é exagerado faz mais mal do que bem. Além do mais, quando você exagera, as vezes nem percebe, e então, acaba ficando igual ao Marty quando estava tocando no ginásio da escola, com todo mundo olhando para você em silencio e estado de choque.

 

2ª Lição: Lixo é o melhor combustível (especialmente cerveja)

Logo do final do primeiro filme, Doutor Brown chega do futuro com o “Mr. Fusion (Senhor Fusão)” recém instalado na máquina do tempo, ele corre até uma lixeira e começa a abastecer o DeLorean com lixo e cerveja. Certamente essa não é uma lição sobre carros que andam com cerveja, mas sim sobre a reciclagem. Naquela época, toda essa ideia de reciclagem era um assunto novo e hoje isso tudo faz sentido: produzir energia e outras coisas a partir do lixo.

 

3ª Lição: Tenha amigos, não importa a idade.

Um jovem ser amigo de alguém bem mais velho é normal. No filme não explica como o Doutor e Marty se tornaram amigos, só que eles são! Marty não parece ter amigos da sua idade, e o Doutor é um maluco que vive sozinho. Talvez o interesse de Marty por ciência tenha feito ele ser amigo do Doutor. Tenha amigos para compartilhar gostos, interesses, segredos e emoções e não se preocupe com a idade deles.

 

4ª Lição: Não seja um “banana”.

Por vários momentos podemos ver o diretor da escola senhor Strickland chamar o Marty McFly de “banana”, e quando ele volta no tempo até 1955 vemos que o mesmo senhor Strickland também chamava George McFly de “banana”. Se assistirem no original em inglês, o termo usado para “banana” é “Slackers” que também pode ser traduzido como folgado, relaxado ou preguiçoso. Vemos que o senhor Strickland é um homem de paixão e convicção, e uma coisa que ele odeia é pessoas relaxadas, que não querem ser nada na vida, não tomam cuidado em fazer as coisas, não se importam com seus compromissos, como o caso do Marty sempre chegar atrasado na escola. Ele está certo. Não seja um banana. Assuma o controle de sua vida!

 

5ª Lição: Não se preocupe se te chamarem de “franguinho”

Quando Marty McFly viaja para o futuro e aterrissa em 2015, o Marty jovem visita a sua casa em que morará aos 50 anos. Marty possui um excelente emprego e é rico. Mas põe tudo a perder quando Needles, seu colega de trabalho, o convence a fazer uma operação financeira ilegal. Marty sabia que era ilegal, ele reluta em aceitar, mas Needles o chama de “franguinho”, então Marty se altera: “Ninguém me chama de franguinho!”. Assim passa o cartão em uma máquina autorizando tal operação ilegal e logo em seguida é demitido pois a ligação estava sendo interceptada.

A lição que aprendemos aqui é que devemos controlar nossas emoções e não se preocupar com o que os outros dizem de nós, devemos nos preocupar com o que realmente somos, com o que fazemos, e o mais importante, devemos nos preocupar em fazer o certo, mesmo que ninguém esteja vendo ou fazendo.

 

6ª Lição: Seu futuro ainda não foi escrito

No segundo filme, quando o Marty é demitido por realizar uma operação ilegal, nos diversos aparelhos de fax espalhados pela casa é impresso a frase: “Você está demitido”. A namorada de Marty, que estava escondida, pega um desses papeis que saiu de um fax e guarda, enquanto isso, Marty fica totalmente desesperado e desolado, então pega sua guitarra para tentar esquecer os problemas, mas ao começar a tocar começa a sentir dores na mão e ele reclama que isso aconteceu devido a um acidente de carro que sofreu.

No final do terceiro filme, eles estão de volta ao ano 1985 e Marty está com a sua namorada Jennifer no carro, e logo em seguida aparece Needles o desafiando para um racha, Marty recusa o desafio, mas Needles o chama de “franguinho”, então McFly se prepara para o sinal abrir e encarar o racha. Quando o sinal abre, Needles sai em disparada, mas Marty na verdade havia engatado a ré para enganar Needles. Seu rival a frente quase bateu em um carro então Marty percebe que se ele tivesse encarado o racha ele teria batido naquele carro e sofrido um acidente. No exato momento em que ocorre isso, a namorada de Marty pega o papel do fax e vê a frase “Você está demitido” apagando-se lentamente até desaparecer por completo. Após isso o Doutor aparece do passado para entregar um presente a Marty, então Jennifer pega o papel, mostra para o Doutor e pergunta: “Eu trouxe isso aqui do futuro e agora está apagado… o que isso quer dizer?”. Então o doutor responde: “É claro que se apagou… significa que o seu futuro ainda não foi escrito, não existe. Seu futuro é o quer você quiser fazer, portanto faça-o bem.”

 

É com está lição do Doutor Brown que eu termino este post. Crie o seu futuro, conquiste experiências, divirta-se, mas não exagere. Seja consciente com o planeta Terra, você ainda vai viver por alguns anos, e seus filhos, netos e bisnetos também. Tenha amigos, eles são importantes para o seu futuro e não se preocupe com a idade deles, mas sim com o apoio e ensinamentos que eles dão para você. Não seja um relaxado, e não ligue para o que as pessoas dizem de você o importante é quem você é de verdade e seja o que for que você vá fazer sempre faça a coisa certa e faça bem.